SÃO PAULO, Brasil,
01
Maio
2021
|
13:42
Europe/Amsterdam

Com a COVID-19 Dispara o Registro de Arritmias Cardíacas

Resumo

Tecnologia em favor da vida, esta é a bandeira da BIOTRONIK – empresa líder em dispositivos médicos cardiovasculares e endovasculares – pioneira há 20 anos por utilizar a telemedicina e o monitoramento remoto de pacientes que utilizam seus dispositivos cardíacos eletrônicos implantáveis (DCEIs).

O número de mortes causadas por doenças cardiovasculares aumentou significativamente no Brasil desde o início da pandemia causada pela Covid-19. Entre as razões para esse resultado estão, de um lado os pacientes que já possuem alguma cardiopatia e que deixaram de realizar consultas e tratamentos profiláticos, com medo da exposição aos ambientes hospitalares ou clínicas médicas e, de outro lado, as pessoas que fizeram uso indiscriminado de medicações potencialmente perigosas para a saúde do coração, como a cloroquina e a hidroxicloroquina, que comprovadamente causam arritmias cardíacas.

Seja como for, os dados são preocupantes e motivou o levantamento conduzido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) em parceria com a Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Brasil (Arpen-Brasil). De acordo com esse levantamento, foram registradas 23.342 mortes por doenças cardíacas em domicílio desde o início da pandemia no ano passado até o final de junho de 2020. Isso representou um aumento de 31,82% no número de óbitos em domicílio por doenças cardiovasculares. Somente neste ano as mortes pela mesma causa subiram para 104,6 mil pessoas, atingindo um crescimento alarmante de 71%.

Um dos recursos em favor da vida que mais evoluiu nos últimos meses é a telemedicina. A necessidade de manter os pacientes saudáveis motivou o aprimoramento dos recursos tecnológicos como a teleconsulta e o monitoramento remoto. Este é o caso do Home Monitoring®, um sistema de monitoramento remoto para Dispositivos Cardíacos Eletrônicos Implantáveis (DCEIs).

Com ele, cardiologistas e arritmologistas podem monitorar e ser alertados remotamente sobre eventos clinicamente relevantes de seus pacientes. A tecnologia registra continuamente a atividade cardíaca do paciente, permitindo, em alguns casos, o diagnóstico e a intervenção precoce em até 30 dias em eventos como fibrilação atrial ou taquiarritmia cardíaca.

Para Alexey Peroni, cardiologista e Diretor de Assuntos Científicos BIOTRONIK LATAM, a tecnologia contribui também na redução na lista de espera para avaliações de emergência, já que o médico pode remotamente avaliar a situação e priorizar casos. “Nossos estudos demonstram também uma redução de 73% nas taxas de hospitalização relacionadas aos DCEIs, um número muito relevante neste momento em que os sistemas de saúde estão sobrecarregados”, conclui.

A BIOTRONIK foi a primeira empresa do mundo a lançar um sistema de monitoramento remoto. Presente no Brasil há mais de 10 anos, o Home Monitoring® - um sistema premiado - agora é usado em mais de 60 países.

Sobre a BIOTRONIK

A BIOTRONIK é uma empresa líder em dispositivos médicos que desenvolve soluções cardiovasculares e endovasculares confiáveis e inovadoras há mais de 50 anos. Impulsionadas pela missão de combinar com perfeição a tecnologia ao corpo humano, as inovações da BIOTRONIK prestam cuidados que salvam e melhoram anualmente as vidas de milhões de pacientes diagnosticados com doenças cardiovasculares. A BIOTRONIK possui sede em Berlim, Alemanha, e está presente em mais de 100 países.